Cronobiologia cutânea & Cosmetologia

Cronobiologia cutânea & Cosmetologia

O estudo da cronobiologia cutânea permite o desenvolvimento de produtos cosméticos inteligentes e, portanto, mais eficazes, assim como a adequação para o melhor horário para sua aplicação.
Observam-se ainda outros aspectos com relação ao comportamento cutâneo, os quais são mais bem compreendidos por meio do estudo da Cronobiologia:

1. Período diurno – Está comprovado que durante o dia são indicados os hidratantes de superfície associados a filtro solares, denominados multifuncionais, a fim de proteger a pele dos agentes externos, como RUV, vento, baixa umidade do ar, calor, frio e poluição.

2. Período noturno – São mais indicados os ativos nutritivos, antioxidantes e hidratantes por osmose, a fim de aproveitar o período de regeneração que proporciona maior permeabilidade cutânea.

Do mesmo modo o período de regeneração proporciona uma reação imunitária mais acentuada graças ao maior fluxo sanguíneo, o que promove melhora nos quadros inflamatórios pela manhã e a redução das secreções sebáceas e sudoríparas no período noturno, que diminui a barreira formada pelo manto hidrolipídico e facilita a permeação transepidérmica de cosméticos e fármacos período entre 22 e 2 horas, portanto, esse é o melhor horário para se aplicar ativos nutritivos, hidratantes, secativos, anti-inflamatórios, antioxidantes e regeneradores potencializando seus efeitos.

A Cronobiologia leva em conta o teor de hidratação da pele, pois dependendo da estação do ano, localidade geográfica há variação na qualidade da hidratação natural da pele devido ao comprometimento do fator de hidratação natural (NMF). Um bom exemplo é o que ocorre no inverno, a produção de sebo e suor em localidades com baixa umidade ambiental o teor de água no NMF fica abaixo do necessário para formar uma barreira de qualidade no estrato córneo.

Muito ainda precisa ser pesquisado, mas a Cronobiologia é uma ciência que tem demonstrado ser grande aliada para que os procedimentos sejam mais eficazes e o ser humano obtenha melhor qualidade de vida.

Fonte:
Cosmetologia: descomplicando os princípios ativos/ Gomes Rosaline Kelly, Marlene Gabriel Damasio. – 4 ed. – São Paulo: Livraria Médica Paulista Editora, 2013.