Decretado a temporada de Peeling´s

Decretado a temporada de Peeling´s

Nesse sábado, 21 de junho às 7:51, a chegada do inverno entra em cena a temporada de Peeling´s. O foco passa ser os procedimentos faciais, rejuvenescimento, acne, manchas e entre outros. O Peeling, por ser um procedimento que remove a camada mais externa da pele, deve ser aplicado com cautela e por profissionais habilitados. O Peeling pode ser químicos através de substâncias “cáusticas”, mecânicos realizados com o emprego de aparelhos que promovem a abrasão da pele.

A anamnese é fundamental para poder estabelecer qual o tipo de Peeling adequado. A espessura da pele é um dos fatores determinantes do tipo de abrasão que se deseja promover através dos peeling´s já que em uma pele fina, a epiderme, compõe-se por quatro camadas enquanto que a pele grossa possui cinco.

Peeling Estético – é uma opção rápida e acessível de tratamento, o fato de não agredir e não causar vermelhidão, a ponto das pessoas não cumprirem suas atividades diárias. Também pode ser associado a outros tratamentos estéticos, como no caso da terapia combinada, que utiliza duas técnicas de esfoliação com o objetivo de potencializar o procedimento. A associação de duas técnicas como a esfoliação física combinada à esfoliação química, ou mesmo duas esfoliações químicas, aumenta a intensidade da renovação celular.

Peeling de Cristal – técnica de esfoliação não cirúrgica que promove a abrasão pelo deslocamento de partículas de óxido de alumínio e atrito com a pele, resultando em uma descamação controlada pelo número de passagens e pressão das canetas aplicadoras. OS microcristais são jateados sobre a pele e aspirados sob um sistema a vácuo, juntamente com as impurezas da pele. Produz renovação celular da epiderme retirando as células mortas e estimulando a produção de colágeno.

Peeling de Diamante – realizado com uma “caneta” de ponteira e uma lixa diamantada que é passada sobre a pele úmida e promove uma abrasão localizada e o que determina a profundidade da esfoliação se dá pela pressão e o número de passagem aplicação do equipamento. Pode ser realizada em qualquer parte do corpo, face, colo e mãos. Não é uma técnica de uso exclusivo, por isso é necessário associá-lo ao uso de produtos cosméticos para os cuidados específicos.

Peeling Ultrassônico – age removendo as células do estrato córneo através de vibrações associadas a uma corrente elétrica de ação ionizante. Estimula a renovação celular, proporciona um aspecto revigorado e ainda tem menos agressividade que outros peelings mecânicos ou químicos. Pode ser associado a loções emolientes no procedimento de limpeza profunda da pele.

A Linha Samana oferece uma variedade de Peeling´s estéticos, entre eles, o Peeling Oceânico, o Peeling de Pitaya 3D, Peeling Glucoderm, Complex Clear e Ácido Glicólico.

Fontes:
1 – DIFERENÇAS HISTOLÓGICAS ENTRE A PELE FINA E A PELE GROSSA – Gustavo Medeiros Silveira, Hianga Fayssa Fernandes Siqueira, Gabriel Clemente de Brito Pereira, Francisco Ruidomar Pereira – Centro de Ciências da Saúde/Departamento de Morfologia/MONITORIA.
2 – Cosmetologia: descomplicando os princípios ativos/ Gomes Rosaline Kelly, Marlene Gabriel Damasio. – 4 ed. – São Paulo: Livraria Médica Paulista Editora, 2013.
3 – PEREIRA, Maria de Fátima Lima; GONÇALVES, Marcos Moisés; JUNIOR, Daniel Antunes; MASTRANDÉA, Hélio – Intordução e princípios ativos aplicado à hidrolipodistrofia ginoide – cap. 14 – Cosmetologia – Série Curso de Estética – 1.ed. – São Caetano do Sul, SP – Difusão Editora, 2013